A franquia Horizon tem um novo marco na representatividade LGBT+ com a cena de beijo gay protagonizada por Aloy na DLC Burning Shores de Horizon Forbidden West.

Vale lembrar que este artigo contém spoilers.

O enredo se passa em uma Los Angeles em ruínas, onde Aloy, em busca de respostas sobre a raça progenitora, é surpreendida por uma emboscada. É nesse momento que ela conhece Seyka, uma Quen que se torna sua amiga e aliada no jogo. A química entre as duas é evidente e, em uma das escolhas do jogador, pode se transformar em um relacionamento romântico. A cena do beijo é um marco na franquia.

Infelizmente, o beijo entre Aloy e Seyka é opcional, o que pode ser considerado uma escolha estranha, já que Aloy é uma personagem bem definida que já expressou interesse em mulheres antes. A opcionalidade dess ainteração pode atrair reações negativas de fãs com mentalidade mais limitada, que podem tentar negar a importância desse momento. Mas apesar disso, Aloy e Seyka podem se beijar e o final da DLC sugere que veremos mais de Seyka no futuro, quem sabe até em uma participação especial em Horizon 3. Só o tempo irá dizer.

Fonte: Gayming Mag