Cabernet é um RPG narrativo 2D ambientado na Europa Oriental do século XIX desenvolvido pela Party for Introvert com uma das personificações mais conhecidas do mundo do horror: vampiros. Os jogadores assumem o papel de Liza, uma jovem vampira que, desde sua transformação, luta com sua moralidade e com o intoxicante mundo sobrenatural em que foi lançada. Felizmente, ela tem uma boa seleção da aristocracia para escolher, embora eles – e sua humanidade – possam ser um pouco requintados demais para o seu gosto.

Sendo uma vampira, Liza possui um amplo leque de poderes vampíricos que incluem a capacidade de se transformar em morcego, ficar invisível e até mesmo hipnotizar as pessoas para se alimentar de seus pescoços. Cabe ao jogador decidir se deseja encorajar a natureza mais bestial de Liza ou se controlar para não ser consumida pela emoção da caça. Além disso você deve também estar preparados para temas intensos neste RPG de horror, como alcoolismo, corrupção e pessoas ricas sendo as piores pessoas da existência (nada de novo aqui, não é?).

Durante o jogo, Liza poderá fazer amigos, aliados e inimigos, além de haver opções românticas para os personagens dos jogadores. E, em conversa com a revista Gayming Magazine, Arseniy Klishin e Laura Gray, da Party for Introvert, confirmaram a presença de personagens LGBTQ+ no mundo de Cabernet. O personagem Hussar, por exemplo, é gay, como elas afirmaram, além de também existir uma opção romântica para Liza com a vampira feminina, Alisa. Há também uma história de outro personagem, Petya, que inclui elementos da perspectiva de Els White, um dos escritores do jogo, como membro da comunidade trans, como ele mesmo afirma:

“Desenvolver a história de Petya foi realmente interessante para mim. Há muitas nuances que eu queria trazer com sua experiência de gênero, tanto internamente quanto externamente. Passei muito tempo conversando com Arseniy [Klishin] e Laura [Gray] sobre isso. […] O que eu realmente gostei foi comparar minhas experiências como um homem trans com as de Arseniy como um homem cisgênero com uma carreira ‘não masculina’ e usar isso para criar a história única de Petya. Sem mencionar, pensar sobre o período de tempo e como isso afetaria seus sentimentos também… Coloquei muito amor e cuidado nele, então espero que as pessoas gostem dele. Ele é um amorzinho.”

Els White’s, escritor do jogo

Cabernet tem lançamento previsto para 2024.

Fonte: Gayming Mag